14 de Julho de 2019 / Aprender
Dia Mundial do Chimpazé
No dia 14 de julho de 1960, Jane Goodall visitou o Gombe Stream National Park na Tanzânia e tornou-se na primeira pessoa a estudar Chimpanzés (Pan troglodytes) no habitat natural. Desde então, tornou-se embaixadora da vida animal e em particular, dos Chimpanzés, despertando a atenção de todos para a necessidade de proteger este grande primata. Hoje, quase seis décadas depois, esta foi a data escolhida para celebrar o Dia Mundial do Chimpanzé, com o objetivo de reforçar essa consciência.

O trabalho desenvolvido por Jane Goodall e pelos cientistas que tal como ela se dedicam a estudar esta espécie, permitiu e continua a ser basilar para a recolha de informações sobre o comportamento destes animais, até então pouco conhecidas. Sabe-se agora que têm capacidade para construir e utilizar ferramentas, que recorrem a diversas formas de comunicação dentro do grupo, que estabelecem uma estrutura social complexa, entre tantas outras características. Este conhecimento, muniu os investigadores das ferramentas necessárias para trabalhar na conservação da espécie, tanto no habitat natural (in situ) como fora (ex situ).

Segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), o Chimpanzé encontra-se “Em Perigo”, ameaçado pela caça ilegal para o comércio de carne para alimentação humana (bushmeat) e pela contínua destruição do seu habitat. Estima-se que há 100 anos havia entre 1 a 2 milhões de chimpanzés em África, no entanto, atualmente, há apenas registo de cerca de 350.000 animais e a tendência é o decréscimo da população.
Zoo Imagem

SEO da página actual

Zoo Imagem TAGS: dia , mundial , do , chiampaze ,
DESCRIPTION: No dia 14 de julho de 1960, Jane Goodall visitou o Gombe, , , ,