Próximos Eventos
Zoo celebra o Dia Mundial da Serpente com atividades educativas para pequenos e graúdos
16 de julho de 2018

Conheça ao vivo uma das maiores serpentes do mundo, a Pitão-reticulado, desfrute de visitas guiadas e da apresentação “Cobras & Lagartos”, que vão explorar a biologia de diferentes tipos de répteis, alertando para a necessidade de os conservar.

No dia 16 de julho celebra-se o Dia Mundial da Serpente e a morada mais selvagem de Lisboa convida todos os amantes de animais e da natureza a participarem deste dia. O Zoo preparou várias atividades, cuidadosamente pensadas para criar uma maior consciencialização para a proteção e conservação, não apenas de répteis, mas dos animais em geral. Assim, os visitantes poderão aprender com atividades educativas e dinâmicas.

Neste dia, haverá a oportunidade de participar, no Reptilário, das 11h30 às 13h30, numa visita para observação de serpentes, guiada por um Educador do Centro Pedagógico. Para além disso, poderão ainda assistir à apresentação “Cobras & Lagartos”, no misterioso Bosque Encantado, às 17h30, onde será assinalado o Dia Mundial da Serpente, e outras curiosidades que explicam a importância destas espécies para o equilíbrio dos ecossistemas.

Ao vivo, todos os visitantes poderão ainda conhecer uma deslumbrante Pitão-reticulado. Os animais desta espécie são das maiores serpentes do Mundo, sendo que uma é mesmo vencedora do recorde no “Guinness Book of World Records” pelo seu comprimento de 11 metros, embora, em média, tenham entre 4 m e 6 m de comprimento. Naturais das florestas tropicais húmidas do sudeste asiático, as serpentes desta espécie vivem próximas de rios e lagos, muitas vezes perto de populações humanas, em terrenos cultivados. Apesar deste ofídio ainda não se encontrar classificado como “ameaçado”, a captura intensiva para o comércio ilegal da pele e de espécies exóticas pode vir a ser determinante para a sua sobrevivência.

As atividades deste dia, vão explorar a biologia dos diferentes grupos de répteis e alertar para a necessidade de os preservar, mostrando aos visitantes quais as diferentes formas de o fazer. Visite o Zoo no Dia Mundial da Serpente e faça uma autêntica viagem “rastejante” pelas inúmeras razões que o farão deslumbrar-se por estes maravilhosos répteis.

Mais informações sobre as Pitão-Reticulado:

 

  • O padrão de coloração que apresenta no dorso é semelhante a uma rede e dá o nome comum à espécie. A cabeça é, geralmente mais larga que o corpo. Apesar de não ser uma espécie venenosa, os seus dentes são afiados e voltados para trás. Tem fossetas termossensoriais, pequenos orifícios entre as escamas “labiais” que possuem membranas sensíveis ao calor, que lhe permitem detetar presas de “sangue quente” (animais endotérmicos), mesmo na escuridão.

  • É uma espécie preferencialmente noturna. Durante o dia refugia-se em fendas rochosas, troncos ocos de árvores ou buracos no solo. Desloca-se com facilidade tanto em meio arbóreo como aquático. Caça por emboscada e mata as presas por constrição (aperta-as até que morram por asfixia). Dieta: Pequenos mamíferos, em especial roedores, bem como aves e répteis.

  • Ovípara. Época de acasalamento: De setembro a março. Postura: 40-45 ovos, de dezembro a maio. Período de incubação: 70 a 105 dias, período durante o qual a fêmea não se alimenta. Enrola-se em torno dos ovos e, apesar de ser um animal ectotérmico consegue aumentar a temperatura de incubação através de contrações e distensões musculares que vai produzindo. Maturidade sexual: 2-4 anos.


Destaques
Festas de Aniversário no Zoo
Apadrinhe a Bela e ganhe 1 bilhete