Educação
Concurso Nacional Escolas

DA TERRA PARA O MAR - UM MERGULHO NA CONSERVAÇÃO 

A Terra é um enorme ecossistema em que tudo está interligado e a ação humana não é exceção. A presença do Homem influencia diretamente o ambiente em que se insere, e ela tem sido devastadora para a Natureza, e numa escala global, para o Planeta. A sustentabilidade da Terra está em risco.

A maior diversidade de vida na Terra está no mar. Os Oceanos cobrem mais de 70% do nosso planeta, são o seu maior ecossistema. As alterações climáticas são ameaças silenciosas à vida nos Oceanos, enquanto outras tantas mais evidentes como a pesca excessiva e o lixo marinho, têm um impacto cada vez maior e afetam inúmeras espécies de animais e plantas, destruindo ecossistemas marinhos inteiros. É clara a necessidade urgente de mudanças no comportamento humano e uma maior consciência social.

O lixo marinho ameaça não só a saúde dos mares e zonas costeiras, mas também a nossa economia e as comunidades. A origem do lixo marinho, sobretudo os plásticos, não está necessariamente limitada às atividades humanas localizadas no litoral. Mesmo quando é depositado em terra, os rios, as inundações e o vento transportam-no para o mar. A maior parte deste lixo provém mesmo de atividades terrestres. Segundo algumas estimativas, a percentagem de detritos encontrados no ambiente marinho com origem em terra, chega aos 80%.

Portugal é o maior Estado costeiro da União Europeia, assumindo um papel de relevo, e de dimensão internacional na sustentabilidade dos Oceanos - mais de 90% do território português é composto por mar e este representa um conjunto de oportunidades e desafios nacionais, entre os quais a proteção de ecossistemas e biodiversidade marinha, conforme compromisso internacional  assumido por Portugal no contexto das Nações Unidas e da União Europeia, sendo que a consciencialização social sobre a importância do mar é essencial para se alterarem comportamentos.

Em defesa da biodiversidade, é necessário cada um de nós divulgar e agir localmente, para que haja impacto internacional. Vencer a poluição por plásticos e a sobre-exploração pesqueira começa em casa, na escola, na rua, no campo, no rio ou no lago, onde quer que a humanidade chegue.

Fixados os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável pela ONU até 2030, adotada ainda a Estratégia Nacional de Educação Ambiental (ENEA 2020) e a Estratégia Nacional para a Cidadania (ENEC) o Jardim Zoológico convida a comunidade escolar a ser parte da solução para este problema global. Neste âmbito, e com o reconhecimento da importância da educação como estratégia para a conservação do ambiente, o Jardim Zoológico, em parceria com a DGE, a ABAE/ECO ESCOLAS, DGPM/ESCOLA AZUL E A APECV, lança o concurso “Da Terra para o Mar > Um mergulho na conservação” através da educação cívica e ambiental destinado a alunos do ensino Pré Escolar, do Ensino Básico (1º, 2º, 3º Ciclo) e Ensino Secundário integrado com o desenvolvimento dos curricula num trabalho transdisciplinar, integrando assim o Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, em convergência com o Perfil dos Alunos à saída da escolaridade obrigatória e com as aprendizagens.

Este desafio é uma oportunidade de educação ambiental, destinada ao desenvolvimento de uma população consciente e informada sobre as atuais dificuldades e potencialidades no que se refere à sensibilização e literacia marinha.

 

Caro/a Educador/a Professor/a,
Leve os seus alunos a conhecer e entender a influência do oceano em nós e nossa influência no oceano é fundamental para viver e agir de forma sustentável. A ação começa em terra.

 

Consulte o Regulamento e o Enquadramento.


Informações

E-mail: pedagogico@zoo.pt




Destaques
Festas de Aniversário no Zoo
Apadrinhe o Moonan e ganhe 1 bilhete