Animais


Plantas
Lince-ibérico
Lynx pardinus
Ordem: Carnivora Família: Felidae
Identificação
Apresenta tipicamente cauda curta, tufos de pêlos negros em forma de pincel na extremidade das orelhas e membros longos. O lince-ibérico, apresenta um padrão de pintas negras muito denso, e os tufos de pêlo em cada lado da face, são os mais compridos do género, sendo tanto maiores quanto mais idade o animal tiver. A pelagem ventral muito clara é também distintiva da espécie.
Hábitos

 

Espécie solitária e territorial. Também pode estar ativa ao amanhecer e no Inverno a atividade diurna é mais frequente. Tem uma dieta especializada, composta quase exclusivamente por coelho-bravo, mas que pode ser complementada com roedores, aves e crias de cervídeos. Caça por emboscada.
Reprodução
A época de acasalamento inicia-se em janeiro-fevereiro. As crias, geralmente duas, são amamentadas até aos 8 meses e recebem cuidados parentais da progenitora até perto dos 20 meses de idade, altura em que se tornam independentes e abandonam o grupo familiar.
Distribuição e Habitat

 

Bosque, matagal e mato denso mediterrânico com áreas abertas e muita vegetação arbustiva.
Conservação

 

A espécie encontra-se em pré-extinção. As principais ameaças são a perda do habitat, a redução da população de coelho-bravo e a mortalidade não natural. Está incluída no apêndice I da CITES*.

* Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção 


Animal apadrinhado por:
Festas de Aniversário no Zoo
Apadrinhe o Moonan e ganhe 1 bilhete