Animais


Plantas
Tatu-peludo
Chaetophractus villosus
Ordem: Cingulata Família: Dasypodidae
Identificação

É o maior de todos os tatus do género Chaetophractus. O corpo está revestido por cerca de 18 placas sobrepostas em bandas rígidas que cobrem a zona dorsal e lateral do animal, sendo que 7 ou 8 delas são móveis. Estas placas são identificativas de cada indivíduo. A zona ventral está coberta por pele fina e pelos de cor clara.

Hábitos

O período de atividade depende da época do ano, no verão tende a ser mais noturno para se proteger do calor. É um escavador, constrói tocas para refúgio temporário e túneis complexos para períodos mais longos. Caça sobretudo invertebrados que vivem no solo, deteta-os através do olfato e trá-los para a superfície, escavando com as garras e o focinho.

Reprodução

O acasalamento pode ocorrer durante todo o ano, embora no habitat natural seja mais frequente no fim do inverno e início da primavera. As crias nascem com cerca de 155 gramas de peso e abrem os olhos entre os 16 e os 30 dias de vida. São amamentadas durante perto de 2 meses.

Distribuição e Habitat

Grande diversidade de habitats, incluindo zonas semidesérticas, pradarias, savanas e florestas. 

Conservação

A população global parece estar estável. No entanto, continuam a ocorrer perdas por atropelamento, caça para consumo humano local e para produção de peças de artesanato, caça desportiva e perseguição direta para proteção de zonas agrícolas.



Festas de Aniversário no Zoo
Apadrinhe o Moonan e ganhe 1 bilhete