Conheça as três novas crias da família de Pinguins-do-cabo
O Jardim Zoológico apresenta as suas três crias de Pinguim-do-cabo.

Nascidos a 17 de outubro de 2018, a 09 de janeiro e 14 de fevereiro de 2019, os pequenos e carismáticos pinguins-do-cabo, de sexo ainda indefinido, prometem conquistar os corações dos visitantes, numa data tão especial. O Pinguim-do-cabo (Spheniscus demersus) é a única espécie de pinguins que se reproduz em África e o Jardim Zoológico mantém uma população da espécie desde meados do século XX.



O Pinguim-do-cabo é monogâmico, sendo conhecidos casais que se mantêm juntos por mais de uma década. Normalmente, o casal regressa à mesma colónia de nidificação e, muitas vezes, ao mesmo ninho, todos os anos. No Jardim Zoológico é possível encontrar casais que permanecem juntos há cerca de 17 anos.

O Pinguim-do-cabo é uma espécie reconhecida pela UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza) como “Em Perigo” de extinção. Estima-se que a população mundial seja hoje apenas 10% do número registado no início do séc. XX. Atualmente, está ameaçada pela drástica diminuição dos stocks de peixe, devido à pesca excessiva, às alterações climáticas, e à poluição do habitat, sobretudo por derrames de petróleo.

O Jardim Zoológico tenta contrariar esta tendência e colabora no Programa Europeu de Reprodução de Espécies Ameaçadas (EEP) do Pinguim-do-cabo, que permite uma ação conjunta da comunidade zoológica para manter a população geneticamente saudável, salvaguardando a conservação da espécie. Contribui ainda, para a recuperação desta espécie no habitat natural, apoiando financeiramente a SANCCOB (Fundação para a Conservação das Aves Costeiras da África do Sul).

Esta parceria permitiu a construção do Sea Bird Hospital e assegura a reabilitação de um grande número de aves. Anualmente, a SANCCOB reabilita 600-900 ovos e crias que são posteriormente reintroduzidas no habitat natural.

Em parceria com a Goodlife* o Jardim Zoológico criou um pack familiar para incentivar miúdos e graúdos a conhecer de perto o mundo destas incríveis aves marinhas. Venha fazer parte deste projeto de conservação e marque o Dia do Pai de uma forma inesquecível. Deslumbre-se com a cumplicidade dos animais da Arca-de-Noé lisboeta e homenageie, em família, o seu “Super-herói”.

Sobre o Pinguim-do-Cabo
Para viver em climas quentes, o Pinguim-do-cabo adotou algumas estratégias, tais como ser mais ativo ao amanhecer e entardecer, fazer o ninho em buracos escavados na terra ou debaixo de vegetação, e quando exposto ao sol, posicionar-se de costas para o sol para que a sua própria sombra o ajude a proteger do calor.

Vivem nas zonas costeiras e rochosas, em colónias sempre muito barulhentas, devido ao facto de os pinguins produzirem diferentes tipos de vocalizações para defesa de território, reconhecimento entre casais e para fomentar a coesão das colónias, sendo até uma forma de reconhecimento individual. Muitos destes sons são acompanhados por diferentes posturas do corpo, como o agitar das asas e bico.

O pinguim-do-cabo pertence a um característico grupo de pinguins – Os pinguins listrados, do género Spheniscus. Este grupo, que inclui quatro espécies de pinguins, distingue-se dos restantes pinguins, por habitarem águas temperadas e serem facilmente reconhecidos pela sua vocalização, que lembra o zurrar do burro, e plumagem exclusivamente branca e negra.
Zoo Imagem
Zoo Imagem

SEO da página actual

Zoo Imagem TAGS: visite , o , jardim , zoologico , no , dia , do , pai , e , conheca , as , tres , novas , crias , da , familia , de , pinguins , do , cabo ,
DESCRIPTION: A familia da morada mais selvagem de Lisboa nao para de cr, , , ,