Concurso Nacional Escolas
Da Terra para o Mar - Um Mergulho na Conservação
Ele é fonte de alimento, de energia, de minerais, e essencial na indústria farmacêutica; regula o clima do Planeta e é um provedor indiscutível de serviços económicos e sociais para a humanidade. No entanto, 61% das espécies marinhas utilizadas para consumo já foram pescadas até ao seu limite, já não é possível voltar a consumi-las.  E 31% do stock global de peixe está sobrepescado, segundo algumas fontes esta percentagem pode mesmo chegar aos 60%.
A sustentabilidade do Planeta está em risco. A sobrevivência do Homem depende da forma como trata a Natureza e o Oceano é o ecossistema onde se encontra a maior diversidade de vida na Terra.
Em defesa da biodiversidade, é necessário que cada um de nós assuma as suas escolhas e tenha consciência da sua repercussão, para que possa fazer as melhores escolhas no consumo de peixe e marisco e isso se reflita em resultados globais. Vencer a sobrepesca começa no prato de cada um, a cada refeição em casa, na escola, no emprego, no restaurante, onde quer que seja, diariamente.
 
Medidas eficientes como consumidor vão determinar a sustentabilidade do pescado. De forma muito prática: respeitar os tamanhos mínimos das espécies; recusar comprar espécies que estejam já sobre exploradas, em risco de extinção; variar as espécies consumidas; e garantir a sustentabilidade da origem do pescado, ou seja, o método de captura ou de produção.
É necessário garantir a sustentabilidade ambiental marinha e a sustentabilidade social das populações humanas que dela dependem. A sustentabilidade do Oceano começa em terra, no prato de cada um, a cada refeição. Porque na verdade, temos “O Mar no Prato”.
 
É neste contexto que o Jardim Zoológico lança o concurso “O Mar no Prato – escolhas sustentáveis”, no âmbito da campanha Which Fish (campanha de conservação EAZA 2020/2022– Associação Europeia de Zoos e Aquários) e unindo-se à missão do projeto Fish forward (projeto WWF em parceria com a ANF e a EJF) por um consumo consciente de peixe e marisco.
Fixados os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável pela ONU até 2030, adotada ainda a Estratégia Nacional de Educação Ambiental (ENEA 2020) e a Estratégia Nacional para a Cidadania (ENEC) o Jardim Zoológico convida a comunidade escolar a ser parte da solução para este problema global. Neste âmbito, e com o reconhecimento da importância da educação como estratégia para a conservação do ambiente, o Jardim Zoológico, em parceria com a DGE, a ABAE/ECO ESCOLAS e a WWF Portugal lança o concurso “O MAR NO PRATO - Escolhas Sustentáveis” através da educação cívica e ambiental destinado a alunos do ensino Pré Escolar, do Ensino Básico (1º, 2º, 3º Ciclo) e Ensino Secundário integrado com o desenvolvimento dos curricula num trabalho transdisciplinar, integrando assim o Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, em convergência com o Perfil dos Alunos à saída da escolaridade obrigatória e com as aprendizagens.
 
Este desafio é uma oportunidade de educação ambiental, destinada ao desenvolvimento de uma população consciente e informada sobre as atuais dificuldades e potencialidades no que se refere à sensibilização e literacia marinha.

Caro/a Educador/a Professor/a,
Leve os seus alunos a conhecer e entender a influência do oceano em nós e nossa influência no oceano é fundamental para viver e agir de forma sustentável. A ação começa em terra.


Consulte o Regulamento e o Enquadramento.

 
Inscreva-se! Preencha o formulário.
Mais informações:

E-mail: pedagogico@zoo.pt
Zoo Imagem

SEO da página actual

Zoo Imagem TAGS: cn , escolas , concurso , nacioanal , zoo , jardim , zoologico
DESCRIPTION: Leve os seus alunos a conhecer e entender a influencia do oceano em nos e nossa influencia no oceano e fundamental para viver e agir de forma sustentavel. A acao comeca em terra.