Programa de Conservação da Biodiversidade das ilhas de São Tomé e Príncipe
As ilhas são hotspots mundiais de biodiversidade, com ecossistemas únicos e mais sensíveis a alterações antrópicas. A introdução de espécies exóticas, a alteração do uso dos solos e as alterações climáticas são importantes ameaças à conservação em ilhas.
Forest Giants é o Programa de Conservação da Fauna e Flora das Ilhas de são Tomé e Príncipe. A investigação e educação ambiental são ferramentas base deste projeto que trabalha em proximidade com a população local.
Este projeto tem como objeto de estudo o Búzio-d’obô (Archachatina bicarinata), e pretende sensibilizar as comunidades locais e o público internacional, para a necessidade de proteger a espécie e o seu habitat.

Desde meados do século XX, e devido à introdução de espécies, a população de búzios indígenas sofreu um acentuado declínio.

Estes animais, que podem também ser designados por caracóis terrestres, são um dos grupos mais importantes de invertebrados nos ecossistemas terrestres. O estado das suas populações indica em que condições ambientais está o solo do habitat em que vivem, fazendo destes importantes bioindicadores.
As ilhas de São Tomé e Príncipe estão situadas a 255 km da costa oeste africana e encerram um conjunto de fauna e flora endémicas muito ricas. A sua paisagem originalmente dominada pela floresta sofreu profundas modificações com a alteração do uso dos solos.

Em meados do século XX, a introdução do Búzio-vermelho (Archachatina marginata) acompanhada por uma rápida expansão antrópica e uma consequente modificação do uso dos solos promoveu o declínio da espécie de caracol indígena, o Búzio-d’Obô.

Registos indicam que em 1994 a espécie invasora estava restrita ao norte e leste da ilha, e ser maioritariamente encontrado nas plantações de cacau e café. Não havia registos da sua presença na floresta ou em grandes altitudes, no entanto, rapidamente se espalhou pela ilha.
A introdução do Búzio-vermelho nas ilhas de São Tomé e Príncipe foi impulsionada por uma necessidade de resolver o problema de falta de fontes proteicas para abastecer a população local.

Atualmente as populações rurais dependem desta espécie como fonte de proteína. Um estudo preliminar indica que o búzio introduzido representa 45,7% da proteína ingerida numa comunidade. Apesar da real importância para as populações locais, a sua rápida disseminação pode representar graves consequências como na agricultura, na saúde da população e em ameaças à flora e fauna nativas.
O comportamento do Búzio-d’obô (endémico) e do Búzio-vermelho (invasor) é completamente antagónico. A espécie invasora está amplamente dispersa por toda a ilha, mas com particular incidência nas zonas agrícolas, enquanto a espécie endémica ocorre principalmente na zona de floresta nativa.

Em relação aos hábitos alimentares, o Búzio-vermelho tem uma atividade noturna e alimenta-se essencialmente das espécies introduzidas na ilha, o que explica a dispersão coincidente com as zonas agrícolas. Já o Búzio-d’Obô tem uma atividade diurna e alimenta-se de espécies nativas - o que explica uma área de dispersão coincidente com a floresta nativa.
Ao contrário do que acontece habitualmente em casos de introdução de espécies, o problema não reside na competição entre a espécie endémica e a espécie invasora, mas sim a dificuldade da população humana em distingui-las.

As medidas de conservação passam pela sensibilização da população local e a sua educação para que reconheçam as espécies mais facilmente de forma a optarem pelo consumo da invasora de forma a controlar a sua disseminação. Assim, são criadas condições para que a população de Búzios-d’obô consiga crescer, deixando deste modo de estar em perigo de extinção.

Outra medida passa pelo controlo populacional da espécie invasora de forma a impedir o crescimento descontrolado.

JARDIM ZOOLÓGICO EM AÇÃO
 
Desde 2019, o Jardim Zoológico apoia o Programa de Conservação da Fauna e Flora das Ilhas de São Tomé e Príncipe, Forest Giants. Este programa pretende criar uma sensibilização global para a conservação da biodiversidade local.
Zoo Imagem

SEO da página actual

Zoo Imagem TAGS: programa , de , conservacao , da , biodiversidade , das , ilhas , de , sao , tome , e , principe ,
DESCRIPTION: , , , ,