Testemunho de Aurel Heidelberg - WWF Alemanha
“O Cáucaso é uma vasta ecorregião composta por seis países: o sul da Rússia, a Arménia, o Azerbaijão, a Geórgia, o leste da Turquia e o norte do Irão.”
Segundo Aurel Heidelberg é importante uma ação conjunta entre a conservação in situ e ex situ para a obtenção de resultados rápidos e que correspondam às necessidades urgentes de atuação em prol da conservação das espécies.
Aurel Heidelberg ( WWF Alemanha) é responsável, há cerca de doze anos, por todos os programas de conservação levados a cabo no Cáucaso, uma vasta ecorregião composta por seis países: o sul da Rússia, a Arménia, o Arzebaijão, a Geórgia, o leste da Turquia e o norte do Irão.
 
Antes de chegar à WWF, Heidelberg trabalhou nas Honduras no programa de conservação in situ da Iguana-negra retirando daí “alguma experiência numa combinação entre programas de conservação in situ e ex situ”. Segundo Heidelberg, “é importante ter ambos: ter a conservação in situ para conservar os habitats dos animais em perigo e ter um conjunto de animais em zoos, nos programas ex situ, para conservar as populações de espécies ameaçadas.”
 
Na natureza, a população de Leopardos-da-pérsia apresenta um reduzido número de indivíduos e encontra-se muito fragmentada. Heidelberg descreve que o principal objetivo deste programa é a conservação do habitat e para isso os especialistas precisam de “perceber exatamente o estado das populações de leopardo, a disponibilidade de presas”, como bisontes e muflões que são um importante indicador e o aumento da rede de áreas protegidas, ligadas por corredores ecológicos que permitam a passagem de animais de umas populações para outras a fim de possibilitar o aumento da variabilidade genética. O trabalho conjunto com as comunidades locais é também de extrema importância a fim de criar “um conceito sustentável de uso do terreno”.
 
Hoje, mais de dez anos depois do início do programa de conservação, podemos dizer que temos tido sucesso” localmente. Quando o projeto começou “não havia evidência de leopardos residentes. Atualmente, não só já temos esses indícios como todos os anos se registam reproduções”.
 
Outra ferramenta de conservação, e que funciona como ligação entre a conservação in situ e ex situ é a reintrodução de animais. Heidelberg afirma que “os zoos, no geral, desenvolvem um trabalho crucial na recuperação de animais que se tornaram extintos na natureza. É uma ferramenta que se torna cada vez mais importante para garantir que a recuperação da população localmente extinta  na ecorregião seja mais rápida.”
Zoo Imagem

SEO da página actual

Zoo Imagem TAGS: testemunho , de , aurel , heidelberg , wwf , alemanha ,
DESCRIPTION: Aurel Heidelberg partilha o seu testemunho sobre o programa de conservação do Leopardo da Pérsia. O  Jardim Zoologico foi o escolhido para colaborar neste programa.