Quebra o Silêncio pelas aves de canto
Segundo dados das Nações Unidas e da INTERPOL, o tráfico de animais selvagens é o 4º negócio ilegal mais lucrativo do mundo, representando cerca de 223 mil milhões de euros anuais, e as aves são o seu principal alvo de transação. As aves de canto têm sofrido não só de captura excessiva para o comércio de aves exóticas, mas também para a participação em competições de canto, para a utilização na medicina tradicional e até como alimento. 

A nível mundial, a Indonésia é o local com maior número de espécies endémicas e cerca de 850 espécies diferentes de aves, sendo reconhecida como um hotspot de biodiversidade e como habitat de uma das taxas mais elevadas de aves ameaçadas de extinção no mundo.
As florestas na Ásia estão a ficar silenciosas. Todos os dias, milhares de aves de canto são capturadas na Natureza. Na Indonésia, mais de 1,3 milhões de aves de canto são capturadas por ano.
Quebra o Silêncio pelas Aves de Canto (“Silent Forest”, Denominação internacional) é uma campanha internacional lançada pela EAZA – Associação Europeia de Zoos e Aquários, cujo foco são as aves e, em particular, as aves de canto do Sudeste Asiático, tendo como objetivo primordial consciencializar para a eminente extinção de várias espécies de aves de canto, procurando criar condições que tornem possível a sua futura reintrodução no habitat natural.
O nosso compromisso é alertar o Mundo para a iminente extinção destas aves e angariar fundos para os seus projetos de conservação. Veja o que um donativo pode fazer!
Resgatar e recuperar aves dos mercados ilegais
- Cobrir os custos do resgate de aves de canto dos mercados ilegais;
- Tratamento veterinário a aves resgatadas;
- Promover a aplicação das leis regionais e internacionais que protegem estas espécies.
Aumentar a população de aves no habitat
- Construir Centros de Reprodução para estas aves na região;
- Equipar Centros de Reprodução com lâmpadas de aquecimento para crias;
- Apoiar estudos de viabilidade de reintrodução no habitat;
- Desenvolver guias de maneio das espécies-alvo e apoiar a reprodução ao nível regional;
- Implementar planos de rastreio via rádio, GPS, câmaras e satélite para monitorização de aves;
- Aumentar o número de guardas florestais na região.
Promover a educação ambiental
- Sensibilizar a população local para a proteção destas aves;
- Criar materiais educativos para escolas;
- Fornecer binóculos para ações de birdwatching no local;
- Implementar estratégias de educação ambiental em cooperação com as comunidades e governos locais;
- Apoiar estudantes da Indonésia que desenvolvam projetos sobre estas aves.
Endémica de Java. Desde 2007 que não se avista nenhuma ave destas na Natureza. Apenas algumas, nos mercados ilegais da Indonésia. Espécie não protegida por lei na sua área de distribuição.
Endémica de Sumatra. É uma ave ruidosa que vive em bandos, e por isso é muito suscetível à captura. Os casais cantam em dueto. Está no limiar da extinção e os estudos no terreno são urgentes.
Endémica do Bali. É símbolo de estatuto social na Indonésia. Foi dizimada do habitat natural pela captura para o tráfico de aves exóticas. Todas as aves atualmente no habitat foram reintroduzidas. Conheça o Mainá-do-bali no Jardim Zoológico.
Endémica das ilhas de Sonda. Em rápido declínio devido à desmesurada captura ilegal agravada pela perda do habitat. É necessário determinar o número real de aves restantes no habitat e reforçar as medidas de proteção.
Endémica de Sumatra. O comércio fez com que desaparecesse na maioria das ilhas. A sua sobrevivência depende da constituição de uma população ex situ integrada num programa de reprodução que permita a sua reintrodução.
Distribui-se por Sumatra, Java e pequenas ilhas próximas. São as mais procuradas para participarem nas competições de canto. É fundamental determinar o número de aves no habitat para melhorar as medidas de conservação.

Dê asas a esta campanha e contribua para a sobrevivência das aves canoras do sudeste asiático. O problema é cultural e está amplamente enraizado na região, mas todos podemos ajudar. Se nada for feito, a extinção é inevitável. Com a sua colaboração, o trabalho de conservação do Jardim Zoológico estende-se até à Ásia. Faça a diferença e ajude-nos a "Quebrar o Silêncio"!

Visite o Jardim Zoológico
Ao visitar o Jardim Zoológico está a contribuir para cumprirmos a nossa missão de conservação.

Faça um donativo pelas aves de canto
Faça o seu donativo através do IBAN PT50000700300003830000344. Para que seja possível informá-lo do impacto do seu contributo, por favor envie o comprovativo da transferência para marketing@zoo.pt e info@zoo.pt. Assim, poderá também receber o recibo do donativo efetuado.

Deixe uma (ou mais!) moedas nos mealheiros do Jardim Zoológico
Encontre estes mealheiros no Vale dos Tigres e no Templo dos Primatas.

Leve consigo uma recordação do Jardim Zoológico
Na Zoovenir, a loja do Zoo, encontra peluches, ioiôs, sacos de pano e canecas “Quebra o Silêncio”, cujas receitas revertem para apoiar os projetos de conservação das aves canoras do sudeste asiático.

Apadrinhe o Mainá-do-bali
Ao apadrinhar uma das aves mais ameaçadas do mundo, estará a contribuir diretamente para a sua sobrevivência e a do seu habitat. Ficará a par do seu desenvolvimento e progressos dos projetos de conservação desta espécie.
  

SEO da página actual

TAGS: quebra , o , silencio , aves , canto , indonesia , zoo , jardim , zoologico ,
DESCRIPTION: Quebra o Silencio pelas Aves de Canto (“Silent Forest”, Denominacao internacional) e uma campanha internacional lancada pela EAZA – Associacao Europeia de Zoos e Aquarios, cujo foco sao as aves e, em particular, as aves de canto do Sudeste Asiatico, tendo