Não avaliado
Sem dados
Pouco Preocupante
Quase ameaçada
Vulnerável
Em perigo
Criticamente em perigo
Extinta na natureza
Extinta
Pitão-da-birmânia
Python molurus bivittatus

É das maiores serpentes conhecidas e a subespécie de Python molurus com maior distribuição geográfica. Tal como nas restantes serpentes, a sua língua é bifurcada e serve, em conjunto com o órgão de Jacobson, para a obtenção de informações sobre o meio envolvente. A pele apresenta um padrão de manchas quadrangulares, marginadas de dourado, que se estendem ao longo do dorso. As escamas são iridescentes e a cauda preênsil. O macho é mais estreito e curto do que a fêmea.

Hábitos

Durante o dia, expõe-se ao sol ou esconde-se em refúgios subterrâneos. É uma espécie não venenosa que mata as presas por constrição (aperta-as com o próprio corpo até que morram por asfixia). Alimenta-se de anfíbios, roedores, aves, répteis e gado

Atividade
Zoo Imagem
Crepuscular e Noturna
Vida Social
Zoo Imagem
Solitária
Dieta
Zoo Imagem
Carnívora
Reprodução

Ambos os sexos possuem esporões cloacais, um de cada lado da cloaca, utilizados durante o acasalamento. A época de acasalamento decorre entre novembro e fevereiro. A postura é realizada entre março e abril. Durante o período de incubação, a fêmea não se alimenta. Enrola-se em torno dos ovos e, apesar de ser um animal ectotérmico (animal cuja manutenção da temperatura corporal depende de uma fonte externa, como o meio ambiente), consegue aumentar a temperatura de incubação através de contrações e distensões musculares que vai produzindo. 

Reprodução
Zoo Imagem
Ovípara
Ovos
Zoo Imagem
12 - 38 ovos
Incubação
Zoo Imagem
2 - 2,5 meses
Maturidade Sexual
Zoo Imagem
2 - 3 anos
Conservação

Quase ameaçada (segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza). Está incluída no Apêndice II da CITES*. Principais ameaças: Captura intensiva para o comércio ilegal de peles e para consumo humano. É a espécie do género Python que existe em maior número sob cuidados humanos.

* Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção

Distribuição e Habitat

Sudeste asiático.
Zonas húmidas (vales de rios, florestas densas e, ocasionalmente, plantações).

Zoo Imagem
 
Classe: Répteis
Ordem: Squamata
Família: Boidae
Tamanho
Zoo Imagem
Comprimento: 6 m
Peso
Zoo Imagem
Apadrinhar
Apadrinhe a Pitão-da-birmânia!
Apadrinhar um animal é um presente único para si ou para oferecer a alguém especial. A sua contribuição vai ajudar na manutenção e bem-estar do seu afilhado sortudo.
Saber mais
Zoo Imagem

SEO da página actual

Zoo Imagem TAGS: pitao , da , birmania ,
DESCRIPTION: Pitao-da-birmania. Comprimento total: Em media 6 m. É das maiores serpentes conhecidas e a subespecie de Python molurus com maior distribuicao geografica. Tal como nas restantes serpentes, a sua lingua e bifurcada e serve, em conjunto com o orgao de Jacob