04 de Dezembro de 2018 / Blog: Novidades
Dia Internacional da Chita
Hoje, dia 4 de dezembro, comemora-se o Dia Internacional da Chita (Acinonyx jubatus). E o que há a dizer sobre esta curiosa espécie de felino?

É o mamífero terrestre mais rápido do mundo em curtas distâncias, conseguindo atingir 75 km/h em apenas 2 segundos! Habita em savanas, planícies arborizadas e zonas semidesérticas no continente africano.

A Chita é um felino esguio, com patas muito longas e a cabeça pequena em relação ao tamanho do corpo. Apresenta uma linha negra em forma de lágrima, do canto de cada olho até à boca, não se conhece bem a sua função, mas parece proteger os seus olhos do sol.

Tem garras expostas, ao contrário do que sucede com a maioria dos felinos (cujas garras são totalmente retrácteis), fundamentais para a corrida em velocidade. É graças a esta enorme velocidade que capturam as suas ágeis presas de pequena e média dimensão, sendo que se alimentam principalmente de gazelas, impalas, crias de zebra e gnus. Consegue resistir longos períodos sem água.

As chitas são especiais, diferentes dos restantes felinos, sobretudo pelos seus hábitos principalmente diurnos e terrestres e pela sua estratégia de caça. Caçam por perseguição em corrida, contrariamente à maioria dos felinos, que caça por emboscada.

     

A reprodução das chitas sob cuidados humanos tem-se mostrado muito difícil, o que faz com que os projetos de conservação da espécie se tornem verdadeiramente desafiantes. A primeira vez que o Jardim Zoológico conseguiu reproduzir chitas foi em 2013, tendo-se seguido duas novas ninhadas. Este sucesso é fruto não só do investimento e planeamento na construção de um novo espaço para acolher animais desta espécie, mas também dos cuidados diários prestados por tratadores e veterinários. Machos e fêmeas ocupam partes diferentes da instalação, encontrando-se apenas por breves instantes para a cópula e separando-se imediatamente depois. Esta forma de manter chitas sob cuidados humanos parece ser a mais adequada ao seu bem-estar e reprodução, constituindo uma informação fundamental para a sua sobrevivência.

Esta espécie está classificada como “Vulnerável” pela UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza) e estima-se que tenha desaparecido em 76% da sua área de distribuição original, por ação humana. A caça ilegal para obtenção da pele, a perda do habitat devido à ocupação humana e a redução de presas naturais são as suas principais ameaças. Pertence ao apêndice I da CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção).

Corra até ao zoo para conhecer esta espécie, um felino cheio de pinta!




 
Zoo Imagem

SEO da página actual

Zoo Imagem TAGS: dia , internacional , da , chita ,
DESCRIPTION: Hoje, dia 4 de dezembro, comemora-se o Dia Internacional da , , , ,