Conservação
Programas de Conservação de Espécies Ameaçadas

As espécies animais que um parque zoológico tem ao seu cuidado são selecionadas com extremo cuidado, há inúmeros fatores a ter em conta. Trata-se de planear a coleção animal e para isso as instituições contam com os Taxon Advisory Groups (TAGs) que são grupos de trabalho formados por especialistas que se dedicam a grupos específicos de animais. Por exemplo o TAG dos Pinguins, o TAG dos Elefantes entre tantos outros. Estes especialistas trabalham em todos os aspetos a ter em conta quando se tem uma determinada espécie sob cuidados humanos, como sendo a nutrição, a biologia e comportamento, ou a conservação da população.

 

Os TAGs desenvolvem Planos de Coleção Regionais que descrevem que espécies são recomendadas, porquê e como as gerir. São uma importante base de trabalho para cada parque zoológico e para a conservação das espécies a nível global. Estes planos de coleção indicam ainda que espécies devem ser protegidas adicionalmente através de Programas Europeus de Reprodução de Espécies Ameaçadas (EEP) e de registos da população em Studbooks.

 

O Programa Europeu de Reprodução de Espécies Ameaçadas (EEP) permite uma ação conjunta dos parques zoológicos para manter populações geneticamente saudáveis para que se reproduzam com o objetivo final da reintrodução em habitat natural. Este programa é muito intensivo e inclui análises demográficas e genéticas para a elaboração de planos para o futuro maneio das espécies tendo sempre em vista a sua reprodução e formação de populações saudáveis estáveis para a sua conservação.

 

O Studbook Europeu (ESB) ou Internacional (ISB) é um livro de registo de dados referente a uma determinada espécie. Ou seja, é um documento semelhante a um livro genealógico em que se registam óbitos, nascimentos, filiação, e transferências de todos os parques zoológicos que mantêm a espécie em questão. Permite saber quantos indivíduos existem de uma determinada espécie, quem são os seus progenitores, a sua descendência e a cargo de que zoo se encontra, enfim... uma série de informações essenciais para a articulação de informação e de indivíduos entre os Zoos e Parques de todo o Mundo.

 

O Jardim Zoológico iniciou a sua participação nos EEPs no início dos anos 90, com quatro programas, participando atualmente em 5 TAGs e 64 EEPs. Relativamente aos studbooks, o Jardim Zoológico participa em 44 europeus e 48 internacionais.

O Jardim Zoológico é, ainda, coordenador dos seguintes Studbooks e Programas de Reprodução da WAZA e da EAZA:

- ISB do Leopardo-da-pérsia, Panthera pardus saxicolor (WAZA)
- EEP do Saguim-imperador, Saguinus imperator (EAZA)

- EEP do Leopardo-da-pérsia, Panthera pardus saxicolor (EAZA)

- ESB da Niala, Tragelaphus angasii (EAZA)

- ESB do Periquito-dourado, Guaruba guarouba (EAZA)

- ESB da Tartaruga-espinhosa, Heosemys spinosa (EAZA)



Destaques
Festas de Aniversário no Zoo
Apadrinha o Barnabé e ganha 1 bilhete